sábado, 4 de julho de 2015

New Orleans: A cidade do Jazz e da boêmia

New Orleans é uma cidade americana que nunca me chamou muito atenção, até eu começar a assistir a série de vampiros que é spin off de TVD, The Originals (Klaus seu lindo), e ficar encantada pela cidade que fica no Estado da Louisiana. Se você gosta de festa, bebidas, e animação, é para lá que ter que ir.


A verdade é que todos falam que New Orleans mesmo estando nos Estados Unidos não parece uma cidade americana, ela possui uma cultura muita rica de outros povos, que a influenciaram a ser o que ela é hoje, entre eles, caribenhos, franceses e muitos outros.
O primeiro lugar a se visitar com certeza é o French Quarter, quem assiste a série que citei no começo do post sabe que esse é um dos lugares mais visitados pelos personagens, é o lugar mais movimentado da cidade, onde fica a animação, muita música, muito Jazz, muitos bares temáticos,e muita, muita gente animada. É uma festa a qualquer momento.



Umas das ruas mais visitadas em New Orleans é a Borboun Street, é o coração da French Quarter, lá é possível, ver prédios antigos, sobrados com arquiteturas lindas, com seus balcões de ferro, típicos daquela região no passado, e muitas lojas. A Borboun ainda continua lotada de turistas como antigamente, mas hoje em dia possui muitas casas de reputação mais ou menos. Muitas mulheres ficam em frente aos bares fazendo convites ao pessoal que passa, muitos marinheiros costumam andar por lá também. Não que isso tire o charme da rua, ela ainda é um lugar que tem que ser visitado, além do mais, lá é carnaval o ano inteiro!


Um passeio gratuito que todos devem fazer é passear de barco pelo Rio Mississipi, muito conhecido, dá para ter uma vista incrível de New Orleans, é super recomendável por quem vai, e não paga nada né, tem que ir e aproveitar a vista linda.




New Orleans é aquela cidade que quem ama cultura, precisa conhecer, uma cidade totalmente diferente das que costumamos ver nos Estados Unidos, muita rica em aspectos culturais, que recebe muitos turistas em todas as épocas, onde o Jazz ainda é muito presente, e faz parte da vida dos cidadãos de lá, presente em todos os bares da cidade, e até nas ruas, ainda de um jeito muito forte.




1 comentários:

  1. Aii! Agora deu vontade de conhecer também! Amei amei, friendzita <3

    ResponderExcluir

Comente aqui